LIBRAS

 
O 1º Seminário Nacional de Libras esta inserido no 32º ENEL - Encontro Nacional de Estudantes de Letras, nos dias 17 a 23 de Julho em Goiânia-GO.

Este encontro não é apenas do Letras-Libras, mas de todos os estudantes de Letras do Brasil. 

E o Seminário é uma oportunidade de divulgação da comunidade, identidade e cultura surda.

  video




 Mesa de Abertura do I Seminário Nacional de LIBRAS

Prof. Dr. Francisco José Quaresma de Figueiredo é Doutor em Linguística Aplicada pela UFMG (2001). É professor da Faculdade de Letras da UFG desde 1992, onde leciona Língua Inglesa, na Graduação, e Linguística Aplicada, na Pós-Graduação. Suas áreas de interesse em pesquisa incluem tópicos relacionados a erro e correção, ao processo de escrita, à aprendizagem colaborativa, bem como a questões interculturais na aprendizagem pelo regime de imersão. É autor de Aprendendo com os erros: uma perspectiva comunicativa de ensino de línguas e de Semeando a interação: a revisão dialógica de textos escritos em língua estrangeira. Organizou o livro A aprendizagem colaborativa de línguas e, juntamente com Maria Cristina Pimentel Campos, da UFV, organizou os livros Culture and Arts in Brazil and in the United States: A bridge of multifaceted languages e Intercultural and Interdisciplinary Studies: Pursuits in Higher Education, frutos do Programa de Intercâmbio CAPES/FIPSE que dirigiram de 2006 a 2010. Além desses livros, possui 10 artigos publicados em periódicos especializados e 19 capítulos de livros. Tem vasta experiência administrativa, tendo sido Coordenador do Centro de Línguas da UFG por 8 anos e Coordenador do Curso de Letras e Vice-Diretor da Faculdade de Letras por 5 anos. Atualmente, é o Diretor da Faculdade de Letras da UFG. Organizou 6 das 7 edições do Seminário de Línguas Estrangeiras e seus respectivos Anais. Tem atuado desde 2002, junto ao INEP, como avaliador de Curso de Letras em diversas Instituições de nosso país. Orientou, até o presente momento, 14 Dissertações de Mestrado e 4 Teses de Doutorado. É membro do Conselho Editorial de diversos periódicos, entre os quais a Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Linguagem & Ensino, Gláuks etc.

Liona Paulus Surda Alemã vive na cidade de Mainz próxima a Frankfurt, foi aluna de intercâmbio na UFRGS, depois retornou a Monique e estudou a educação dos surdos. Atualmente é mestranda em Ciência da mídia e Filologia da língua portuguesa. Multilíngue com grande domínio em LIBRAS e em português escrito, fará a abertura do 1º Seminário Nacional de Libras com o tema: Ensino de Línguas Estrangeiras para Surdos. Oferecerá também uma oficina de de Língua de Sinais Alemã. '





Palestrantes Confirmados:



Sandra Patrícia de Faria do Nascimento é graduada em Letras com habilitação para o ensino da Língua e Literatura Portuguesa; é mestra e doutora em Linguística pela Universidade de Brasília, com enfoque de pesquisa na Língua de Sinais Brasileira e no Ensino de Português como Segunda Língua para Surdos. É professora da Secretaria de Estado de Educação do DF e pesquisadora colaboradora vinculada ao Departamento de Linguística da Universidade de Brasília. Atua, também, como intérprete de Língua de Sinais Brasileira, colabora com a Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos - FENEIS - e outras instituições. Foi tutora da primeira turma da Licenciatura em Letras-Libras da UFSC, no pólo da UnB e professora de disciplinas do mesmo curso. Há 22 anos envolvida com a educação de surdos, defende uma proposta de ensino interacionista que contempla o bilinguismo diglóssico. Participou de vários projetos de pesquisa sob os temas: (i) estudos linguísticos voltados à gramática da LSB ou Libras e (ii) elaboração de materiais didáticos para o ensino de LSB ou Libras como primeira língua e Língua Portuguesa como segunda língua para surdos. Entre as várias áreas de interesse, destacam-se a Educação e a Linguística (com enfoque na sociolinguística, semântica, pragmática, lexicologia, terminologia e lexicografia).


Silvana Aguiar possui graduação em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria (2001) e Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006). Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução da UFSC. Professora Assistente nesta mesma instituição atuando no campo de conhecimento: Estudos da Tradução e interpretação de Libras, com interesse de pesquisa voltado para as questões de identidade e formação de tradutores/intérpretes de Libras/Português, políticas tradutórias dos Estudos da Tradução/Interpretação e legislação.

Thiago Cardoso Aguiar é graduado em Ciência da Computação pela Universidade Católica de Goiás (2003). Especialista em Metodologia do Ensino Fundamental pela Universidade Federal de Goiás (2007). Atualmente Cursando o Curso de Letras Libras - Bacharelado pela Universidade Federal de Santa Catarina e Mestrado no Programa de Pós Graduação em Linguística da Universidade Federal de Goiás. Atuei como instrutor e intérprete de Libras no CAS-GO, como instrutor e intérprete de Libras no Serviço Nacional do Comércio – GO, onde ministrava palestras e oficinas sobre temas afins. Atualmente, sou Intérprete na Escola de Artes Veiga Valle, atuando no curso de teatro para surdos e professor substituto na Universidade Federal de Goiás, no curso Letras Libras e nas graduações à distância. 

Alba Cristhiane Santana da Mata é doutora em Psicologia do Desenvolvimento pela Universidade de Brasília. Possui graduação em Psicologia (1993), especialização em Psicopedagogia (1997), mestrado em Psicologia do Desenvolvimento (2002), todos pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás. É professora da Universidade Federal de Goiás e da Universidade Estadual de Goiás. Tem experiência na área de Psicologia Educacional, com ênfase no ensino de Psicologia, atuando com os seguintes temas: formação e desenvolvimento de professores, orientação de estágios curriculares, psicologia escolar e educacional, psicopedagogia, orientação profissional e educação básica.


 
Aline Nunes de Sousa é graduada em Português/Inglês pela Universidade Estadual do Ceará (2005) e mestrado em Linguística Aplicada por essa mesma universidade (2008). Atualmente, sou Professora Assistente da Universidade Federal de Santa Catarina (Área: Linguística das Línguas de Sinais, Curso: Letras/Libras Presencial) e doutoranda em Linguística nessa mesma universidade (Área de concentração: Linguística Aplicada / Linha de pesquisa: Língua Brasileira de Sinais/Educação Bilíngue). Também atua como intérprete e tradutora de Libras/Português/Libras. Foi membro do Conselho de Ética (2006 a 2008) e Conselho de Admissão e Classificação Linguística (2008 a 2010) da Associação de Intérpretes de Libras do Ceará - APILCE. Foi professora-tutora do Curso de Licenciatura e Bacharelado em Letras/Libras da Universidade Federal de Santa Catarina, no pólo da Universidade Federal do Ceará, de 2006 a 2010. Tem experiência como professora de português e inglês para surdos (Instituto Cearense de Educação de Surdos e CAS), além de trabalhar com formação de professores de surdos (L2) e formação de intérpretes/tradutores da Libras. Atua principalmente nos seguintes temas: educação de surdos, Libras, tradução e interpretação de línguas de sinais, ensino de língua portuguesa e língua inglesa para surdos e desenvolvimento da escrita em segunda língua.

Juliana Guimarães Faria possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Goiás (2001), Especialização em Informática em Educação pela UFLA (2003) e Avaliação Institucional pela UEG (2005), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Goiás (2005) e está cursando Doutorado em Educação na UFG. Atualmente é professora efetiva da FL/UFG no curso de Letras/Libras nas disciplinas de Fundamentos Filosóficos e Sócio-Históricos da Educação de Surdos e Psicologia da Educação de Surdos. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Gestão e Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação a distância, gestão e políticas educacionais, informática na educação, avaliação institucional, psicologia da aprendizagem e metodologia da pesquisa. 

                                   Mariângela Estelita Barros possui graduação em Letras Hab Ing Port Lic e Bach pela Universidade Federal de Goiás (1992), mestrado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Goiás (1997) e doutorado em Lingüística pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008). Atua no ensino superior desde 1994 nas áreas de linguística, língua de sinas e línguas estrangeiras. Atua principalmente nos seguintes temas: ELiS, escritas de Línguas de Sinais, aquisição de língua escrita, Libras, educação de surdos. Criadora do sistema de escrita das Línguas de Sinais ELiS.

Nubia Guimarães Faria possui graduação em Pedagogia pela Faculdade Padrão (2005). Atualmente é professor auxiliar da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: libras, formação de professores, educação a distância, instrutor de libras e aprendizagem. 
Renata Rodrigues de Oliveira Garcia possui graduação em Licenciatura de Letras-LIBRAS, modalidade à distância pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010) e graduação em Artes Visuais com Habilitação em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Goiás (2001). Especialização em Métodos e Técnicas de Ensino pela Universidade Salgado de Oliveira (2004). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação de Surdos, Ensino de Língua de Sinais para Ouvintes, pesquisas linguísticas em LIBRAS.
 
Thaís Fleury possui graduação em Turismo pela Faculdade Cambury de Goiânia (2003) e Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Tradução da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) (2010) e graduação em Licenciatura de curso de Letras-LIBRAS, modalidade à distância pela UFSC (2010). Atualmente é professora assistente de LIBRAS na UFG (Universidade Federal de Goiás), e coordenadora geral do curso presencial de Letras-Libras na UFG. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingüística, atuando principalmente nos seguintes temas ou suas pesquisas estão direcionadas para: tradução de língua de sinais, tradução, educação de surdos, língua de sinais e ensino de língua de sinais.

Cristiane Batista do Nascimento, com experiência na área de Linguística e educação de surdos, é graduada em Letras, Português do Brasil como Segunda Língua  –  PBSL  – (2006) e  mestra em Linguística (2010). Obteve os dois títulos na Universidade de Brasília. Foi habilitada  no Exame Nacional de Proficiência para o uso e o ensino da Língua Brasileira de Sinais – Libras – Nível Superior, - PROLIBRAS -, promovido pelo MEC/UFSC, em 2008. Foi  professora-tutora  da Licenciatura em Letras-Libras da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, no pólo da Universidade de Brasília – UnB, onde também atuou como intérprete de libras junto ao Cespe-UnB em concursos e vestibulares. Já atuou no ensino superior, como professora e  intérprete de Libras, em faculdade particular no DF e, atualmente, é professora  assistente  da Universidade Federal do Goiás - UFG.

Comissão Organizadora:

Lira Matos Martins aluna de graduação do curso de Letras: Libras. Atualmente desenvolve projeto na área de Libras, educação e leitura critica de internet para Surdos finciado pelo CNPq. Aluna bolsista de iniciação científica do PROLICEN da Universidade Federal de Goiás, desenvolvendo o projeto "A formação de professor na Educação a Distancia da UFG: um estudo sobre o material didático da diciplina de Libras. Membro do conselho diretor  e do Centro Acadêmico da Faculdade de Letras da UFG. Professora intérprete do municipio de Aparecida de Goiânia - GO.
Claudney Maria de Oliveira e Silva possui graduação em Inglês e Literaturas Correspondentes pela Universidade Católica de Goiás (1989) e mestrado em Linguistica Aplicada pela Universidade de Brasília (2005). Trabalhou como professora-tutora no curso Letras-LIBRAS da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É professora de LIBRAS e Português no curso Letras-LIBRAS da Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua nas seguintes áreas: ensino e aprendizagem de línguas materna e estrangeira, LIBRAS, português e inglês para Surdos e educação de Surdo.


Thainã Miranda de Oliveira é  aluna de graduação do curso de Letras: Libras. Atualmente desenvolve projeto na área de Libras, educação e leitura critica de internet para Surdos finciado pelo CNPq. Membro Centro Acadêmico da Faculdade de Letras da UFG. Professora intérprete do Estado de Goiás.


Fernanda Bonfim Oliveira é aluna de graduação do curso de Letras: Libras. Atualmente desenvolve projeto na área de Libras, educação e leitura critica de internet para Surdos finciado pelo CNPq.  Professora intérprete do municipio de Aparecida de Goiânia - GO.



Jéssie Rezende é aluna de graduação do curso de Letras: Libras. Atualmente desenvolve projeto na área de Libras, educação e leitura critica de internet para Surdos finciado pelo CNPq.  Professora intérprete do municipio de Aparecida de Goiânia - GO.


Sarah de Caetano Melgaço é aluna de graduação do curso de Letras: Libras da Universidade Federal de Goiás. Atualmente  é estágiaria e desenvolve projeto na área de Libras, educação na creche da UFG.